O governador Romeu Zema (Novo) determinou na sexta-feira, estado de calamidade pública em Minas Gerais. Agora, por conta da pandemia do coronavírus, o executivo Estadual passa a ter mais poderes sob as prefeituras. Zema determinou, ainda, o fechamento, a partir da  segunda-feira (23), de todos os comércios, exceto os de funcionamento essencial, como farmácias e supermercados,padarias. Estão suspensos, também, eventos onde haja potencial de aglomeração e as aulas nas escolas estaduais, municipais e particulares.Infelizmente algumas prefeituras não estavam fiscalizando e fazendo valer o decreto.No caso do descumprimento da determinação, a Polícia Militar juntamente com o órgão do executivo municipal deslocarão no local, determinando que seja feito o fechamento do comércio. Se mesmo assim, não for obedecido, o cidadão poderá responder pelos crimes dos artigos 268 e 330 do código penal.,