DEPUTADOS DEFENDEM FISCALIZAÇÃO RIGOROSA NA APLICAÇÃO DOS RECURSOS PREVISTOS NO ACORDO FIRMADO ENTRE A VALE E O GOVERNO DE MINAS

0
108

O VALOR ACERTADO ENTRE AS PARTES, ANUNCIADO NESSA QUINTA-FEIRA, É DE 37 BILHÕES, 680 MILHÕES DE REAIS/ E VISA A REPARAÇÃO DE DANOS CAUSADOS PELO ROMPIMENTO DA BARRAGEM DA MINA CÓRREGO DO FEIJÃO, EM BRUMADINHO, NA GRANDE BH, EM 2019.// PARLAMENTARES RESSALTARAM AINDA QUE NENHUM VALOR SERÁ SUFICIENTE PARA REPARAR AS DUZENTAS E 59 VIDAS PERDIDAS E OUTRAS ONZE PESSOAS DESAPARECIDAS NA TRAGÉDIA.

ALÉM DE RECURSOS PARA BENEFICIAR DIRETAMENTE BRUMADINHO E A POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO, O ACORDO FIRMADO COM A MEDIAÇÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA E DO MINISTÉRIO PÚBLICO TAMBÉM PREVÊ A DESTINAÇÃO DO MONTANTE PARA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE INFRAESTRUTURA NO ESTADO E EM ÁREAS COMO SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PÚBLICA

O ACERTO OCORREU APÓS DIVERSAS AUDIÊNCIAS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E SE BASEOU EM DUAS AÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO E UMA DO EXECUTIVO ESTADUAL.// SEGUNDO O ESTADO, O ACORDO TRATA DOS DANOS COLETIVOS E NÃO INTERFERE NAS AÇÕES SOBRE INDENIZAÇÕES DE DANOS INDIVIDUAIS E PROCESSOS CRIMINAIS EM TRAMITAÇÃO.// AO ANUNCIAR O ACERTO, O GOVERNO DO ESTADO DESTACOU O ACORDO COMO O MAIOR DA HISTÓRIA DO PAÍS.//

 

E O ANÚNCIO DO ACERTO ENTRE O ESTADO E A VALE SOBRE A TRAGÉDIA DE BRUMADINHO REPERCUTIU NO LEGISLATIVO.// O DEPUTADO BERNARDO MUCIDA, DO PSB, CELEBROU O ACORDO, MAS RESSALTOU QUE ELE NÃO RETORNA COM AS VIDAS PERDIDAS NA TRAGÉDIA.// NEM DESFAZ OS DANOS AMBIENTAIS GRAVÍSSIMOS, CAUSADOS PELA LAMA.// POR ISSO, SEGUNDO O PARLAMENTAR, É PAPEL DA ASSEMBLEIA FISCALIZAR A APLICAÇÃO DOS RECURSOS

JÁ PARA O DEPUTADO BRUNO ENGLER, DO PRTB, O ACORDO ENTRE O ESTADO E A VALE DEVE SER COMEMORADO, MAS NÃO REPRESENTA UM PERDÃO À MINERADORA PELOS DANOS CAUSADOS

JÁ PARA O DEPUTADO BRUNO ENGLER, DO PRTB, O ACORDO ENTRE O ESTADO E A VALE DEVE SER COMEMORADO, MAS NÃO REPRESENTA UM PERDÃO À MINERADORA PELOS DANOS CAUSADOS.//

SONORA DEPUTADO BRUNO ENGLER – PRTB

 

SEGUNDO AS INFORMAÇÕES JÁ DIVULGADAS SOBRE O ACORDO, CERCA DE 9 BILHÕES DE REAIS DEVEM ABASTECER UM PROGRAMA DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA AOS ATINGIDOS.// TAMBÉM ESTÃO PREVISTOS QUASE CINCO BILHÕES PARA PROJETOS DE REPARAÇÃO NA BACIA DO PARAOPEBA.// E OUTROS SEIS BILHÕES, 550 MILHÕES DE REAIS PARA AÇÕES DE REPARAÇÃO SOCIOAMBIENTAL INTEGRAL NAS CIDADES ATINGIDAS.// NA GRANDE BH, O ACORDO PREVÊ UM INVESTIMENTO EM MOBILIDADE URBANA, COM A CONSTRUÇÃO DE UM RODOANEL.//

 

ALÉM DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, CABERÁ Á CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO E AO TRIBUNAL DE CONTAS FISCALIZAR OS PROJETOS EXECUTADOS PELO GOVERNO DE MINAS

ACOMPANHE O TRABALHO PARLAMENTAR PELO PORTAL ALMG.GOV.BR//

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA